10 dicas para melhorar a sua escrita

Algumas vezes estamos absolutamente certos de que fomos claros em nossos e-mails, artigos, memorandos, ofícios ou relatórios, sem nos preocuparmos muito com as respostas produzidas pelos leitores. Certamente se fosse possível acompanhar a reação do leitor, teríamos, talvez, uma triste surpresa ou amarga decepção.

De acordo com Izidoro Blikstein, autor do livro Técnicas de Comunicação Escrita, escrever bem é tornar o pensamento comum (compreensível), sendo necessário: 1- Clareza e objetividade para que a mensagem implique uma resposta; 2- Precisão para que o outro compreenda o que está se está pensando; 3- Persuasão para obter a colaboração e a resposta esperada. O referido autor destaca que: “escrever bem não é luxo, nem exibicionismo, nem ostentação esnobe de conhecimentos gramaticais. Escrever bem é uma questão de sobrevivência” (BLIKSTEIN, 2005, p.6)

Confira algumas dicas para melhorar a sua comunicação escrita:

1Faça um brainstorm no papel, planeje o que você irá escrever listando

Pensar em voz alta e colocar os pensamentos no papel ajuda você a concentrar. Pense em seus objetivos (persuadir alguém a comprar produtos ou serviços? Sondar os preços ou condições de pagamento? Desculpar-se por atrasos ou defeitos? Responder a alguma questão de um cliente?) e no destinatário (público) de sua mensagem. A função e as características do destinatário determinam a escolha do veículo.

2- Peça o opinião de outras pessoas

Peça ideias dos outros sobre o tópico antes de começar a escrever. Pergunte-lhes o que, na opinião delas, interessaria sua audiência e como elas abordariam a mesma informação. Depois de preparar o rascunho inicial, peça a outras pessoas para revisá-lo, antes mesmo de você aperfeiçoá-lo. Elas certamente descobrirão erros, incoerências e omissões que você não descobriria.

3- Escreva para expressar, não para impressionar

 Seu principal objetivo deve ser comunicar ideias. Vocabulário sofisticado e frases longas podem impressionar algumas pessoas, mas em geral, são apenas “lingüiça”. Use palavras menores, mas conhecidas, que pareçam sinceras e coloquiais, não excessivamente formais.

4- Guarde na gaveta

 Depois de escrever um documento, tire-o totalmente da cabeça. Guardando-o na “gaveta” por um tempo, você poderá voltar a ele depois e ler o documento com outra perspectiva. Mesmo que seja só por uma hora, guarde-o na gaveta.

 5- Suas frases e parágrafos devem ser curtos

Frases longas são difíceis de se acompanhar e, quase sempre, menos precisas. A maioria da pessoas não tem tempo para ler longas frases e desistem no meio do caminho. Os parágrafos devem ser curtos, pois estimulam a leitura. Afinal, você quer que o seu texto seja lido!

6- Evite palavras ou expressões desnecessárias

 Ao escrever, evite a incompreensão. Para tanto, seja empático, coloque-se no lugar do leitor, para identificar seu nível cultural, posição, expectativas etc. Evite ainda a confusão, desinformação, mágoa, antipatia com clareza, simplicidade e objetividade. Seja preciso e forneça as informações necessárias. Seja atencioso, polido e delicado.

7- Evite palavras ou expressões desnecessárias

É preciso enxugar seu texto, sendo conciso e econômico, evitando frases longas, informações desnecessárias e repetições. Organize e planeje para estabelecer prioridades com coerência, visando os objetivos a serem alcançados. Considere o exemplo:

  • “Existe, dentro do panfleto, uma importante mensagem para todos os funcionários que estão se aposentando”.
  •  “O panfleto contém uma mensagem importante para todos os funcionários que estão se aposentando”

Qual exemplo é mais facilmente compreendido?

8- O seu leitor sempre faz duas perguntas:

“Por que devo ler isso?” e “O que ganho com essa leitura?” Por isso, conheça seu público. Antes de escrever (vender suas ideias), conheça muito bem seus leitores. Para influenciar seu leitor, conheça sua formação, seu estilo de aprendizado, de comunicação e suas demandas de informação.

9- Comece sendo enfático

   Chame a atenção dos seus leitores com sua primeira frase. Focalize suas necessidades e envolva-os imediatamente na mensagem. O primeiro momento é para chamar ATENÇÃO. Depois, o leitor terá INTERESSE em prosseguir a leitura. A AÇÃO positiva é uma consequência.

10- Utilize a linguagem visual

É bom lembrar que a mensagem escrita também pode ser iconizada, para tanto é necessário investir na disposição visual ou layout. Os cuidados para que o texto tenha um bom layout são: distribuição coerente de assuntos por parágrafos; a digitação com bom espaçamento; destacar e dividir em temas; usar gráficos, desenhos, esquemas, tabelas etc.

Com essas dicas, o seu texto ganhará mais qualidade. Espero ter ajudado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s