4 princípios para elaboração de um layout

Cartão de visita, panfleto, folder, cartaz, anúncios, relatórios, materiais informativos (newsletter, boletim, jornais, revistas) e materiais digitais (capa do Facebook, postagem institucional, banner para site). O que esses materiais têm em comum? Todos possuem um layout, que é “o arranjo dos elementos do design em relação ao espaço que eles ocupam no esquema geral do projeto. Também é chamado de gestão da forma e do espaço”  (HARRIS e AMBROSE, 2012, p. 33).  

O objetivo do layout é apresentar os elementos visuais e textuais de maneira clara e eficiente ao leitor. Com um layout adequado, o leitor terá mais interesse para ler o material, podendo “navegar” por informações bastante complexas.  Para gerar um bom layout deve-se planejar visualmente e diagramar o material. A diagramação é a ordenação e distribuição de elementos gráficos para melhor conduzir o fluxo de leitura, de ideias e de conceitos. A designer Robin Williams (2013), autora do livro “Design para quem não é designer”, detalha quatro princípios para uma boa diagramação:  

1- CONTRASTE

O contraste ajuda a chamar a atenção (olhos) para as informações importantes, despertando o interesse pela leitura. Tem como objetivo evitar elementos meramente similares em uma página. Williams (2013) orienta que se os elementos visuais (fontes/tipos, cor, tamanho, espessura da linha, forma, espaço) não forem os mesmos, diferencie completamente.

Cria-se um contraste quando dois elementos são diferentes. Se eles diferirem só um pouco, não acontecerá o contraste, mas um conflito. Acrescente algum atrativo visual à página, criando uma hierarquia entre diferentes elementos. Como alcançar o CONTRASTE?

  • Letra grande x Letra pequena;
  • Fonte caixa alta x caixa alta e baixa
  • Fonte estilo antigo x fonte moderna;
  • Fio fino x Fio Grosso;
  • Cor Fria x Cor quente;
  • Textura áspera x Textura Lisa
  • Imagem Pequena x Imagem Grande;
  • Direção Esquerda x Direção Direita.

Um dos problemas para um layout ocorre quando basicamente tudo está do mesmo tamanho.  Com o mesmo peso e com a mesma atribuição de importância, o layout fica monótono, chato e pouco interessante.  Quando tudo tem o mesmo peso visual, nada chama a atenção do leitor!

2- ALINHAMENTO

Um layout confuso também é fruto da falta de alinhamento. Alinhamento é fundamental para criar uma estética profissional. Willians (2013) explica que nada deve ser colocado aleatoriamente em uma página. Pelo contrário, cada elemento deve ter uma ligação visual com outro elemento do layout. Isso cria uma aparência limpa, sofisticada e suave.

Cada item deve ter uma conexão visual com algo na página, gerando uma coesão no layout. Mesmo elementos separados fisicamente uns dos outros, se estiverem alinhados, haverá uma linha invisível conectando-os, tanto em relação aos seus olhos quanto a sua mente. Essa “amarração visual” que irá prender o leitor a sua composição.

Os principais tipos de alinhamentos são: Justificado, centralizado, esquerda e direita. A centralização é o alinhamento mais básico possível, contudo sempre que possível tente outras opções para diferenciar suas composições e deixar a leitura menos monótona. Se seus alinhamentos estiverem bem-delimitados, você poderá interromper conscientemente os alinhamentos e esta interrupção terá uma aparência intencional.

3- REPETIÇÃO

Esse princípio afirma que algum aspecto do design deve repetir-se no layout do material. Repita os elementos visuais do design e distribua-os pelo layout. Você pode repetir cor, forma, textura e as relações espaciais como a espessura, os tamanhos, etc. Williams (2013) ensina que uma grande sacada é criar elementos somente para criarem essa consistência. Isso ajuda a criar uma organização e fortalece a unidade.

O elemento repetitivo pode ser uma fonte em negrito, um fio (linha) grosso, um sinal tópico, um elemento, algum formato específico, relações espaciais. Qualquer item que o leitor reconheça visualmente. A repetição gera “consistência visual” e pode ser observada em layout de materiais com várias páginas (jornais e revistas, por exemplo). A repetição de alguns elementos faz com que cada uma das páginas pareça pertencer ao mesmo material.   

Na criação de campanhas publicitárias também é preciso utilizar elementos de repetição fortes. Dessa forma, todas as peças da campanha terão a mesma linguagem visual (não necessariamente a mesma informação). Através do uso do uso do princípio da repetição, a campanha terá uniformidade, ou seja, uma peça será reconhecida como pertencente ao restante da campanha/ ação promocional.

4- PROXIMIDADE

Segundo esse princípio, itens relacionados entre si devem ser agrupados, aproximados uns dos outros. Deixar elementos espalhados no layout cria aquela sensação de bagunça, por isso é fundamental agrupar elementos relacionados. A regra é simples: elementos próximos sugerem algum tipo de relacionamento, enquanto que elementos distantes sugerem diferença.

Quando vários itens estão próximos, tornam-se uma unidade visual e não várias unidades individualizadas.  Isso ajuda a organizar informações e reduz a desordem. Itens ou conjuntos que não estão relacionados entre si, não devem ficar próximos. Isto oferece ao leitor uma pista visual imediata da organização e do conteúdo do layout. A proximidade implica em uma relação visual e de conteúdo.

Quando você começar a aplicar os princípios de Contraste, Alinhamento, Repetição e Proximidade, seus layouts terão uma estética mais profissional. A hierarquização das informações (diagramação) será mais prática e fácil se você aplicar esses princípios.

Referências

AMBROSE, Gavin; HARRIS, Paul. Layout. 2. Ed. Porto Alegre: Bookman Editora, 2012.

WILLIAMS, Robin. Design para quem não é designer: princípios de design e tipografia para iniciantes. São Paulo: Callis Editora, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s