Artigo aborda sobre Amazônia e a construção de sentidos nos discursivos das ONGs Greenpeace e WWF

Revista Observatorio UFT
Capa da Revista Observatório UFT

O artigo intitulado “IMAGINÁRIOS, REPRESENTAÇÕES E AMAZÔNIA:análise da construção de sentidos nos discursivos das ONGs Greenpeace e WWF” acaba de ser publicado na Revista Observatório* (Qualis B2). O trabalho analisa os discursivos das ONGs Greenpeace e WWF utilizados para disseminar informações sobre a Amazônia no período entre 2010 e 2016.

Durante o processo de análise discursiva de 39 textos diferentes, notou-se que os sentidos de Amazônia efetivam-se por meio de quatro categorias: “globalização econômica”, “poder simbólico”, “natureza imaginária” e “sociodiversidade artificial”. Os resultados da pesquisa apontam que as ONGs Transnacionais Ambientalistas Greenpeace e WWF, utilizando-se de vários recursos discursivos, buscam produzir imagens da Amazônia de acordo com as suas perspectivas de mundo e impor a aceitação globalizada dessa imagem como realidade.

* A Revista Observatório (ISSN nº 2447-4266) é uma publicação trimestral do Núcleo de Pesquisa e Extensão Observatório de Pesquisas Aplicadas ao Jornalismo e ao Ensino (OPAJE) da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e do Grupo de Pesquisa Democracia e Gestão Social (GEDS) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) que tem como missão atuar na promoção da discussão acadêmica e de estudos interdisciplinares avançados no campo da Comunicação, do Jornalismo e da Educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s