Editoração de veículos informativos nas Organizações (Projetos Gráficos)

A elaboração de veículos impressos ou digitais para difusão de informações sobre determinada organização exige alguns conhecimentos sobre  editoração,  planejamento visual e produção gráfica.  A seguir relacionamos alguns termos utilizados na elaboração de um projeto gráfico de um veículo de comunicação dirigida (informativo, boletim, jornal, revista e outros) .

Para descrever alguns vocábulos, utilizamos como base as definições do Dicionário de Comunicação (RABAÇA e BARBOSA, 2001). Além de se familiarizar com as palavras/ termos (alguns bem diferentes), a intenção é exemplificar o uso deles na elaboração de um veículo de comunicação.

Organizamos a relação em ordem alfabética:

  1. Abrir Foto – Ampliar o tamanho da foto na página. Este artifício é usado para valorizar uma foto de qualidade ou cobrir espaço quando o texto é pequeno.
  2. Bigode – “Fio que separa duas matérias, ou parte de uma mesma matéria (textos, fotos, etc.), e que deixa pequenos claros em suas extremidades por ser menos largo do que elementos que separa” (p.68). Geralmente, é centralizado e deixa margens brancas de igual extensão nos dois lados.
  3. Boxe (Quadro) – Espaço, geralmente, delimitado por fios, que traz informações adicionais ao corpo da matéria. O texto desse espaço possui associação íntima com outro texto, mais longo. Pode ser uma informação adicional, biografia, diálogo, uma nota da redação, comentário, um aspecto diferente da notícia.
  4. Cabeça – Parte superior da página que indica a editoria (por exemplo, geral, economia, especial, esporte) ou tema da página.
  5. Cabeçalho – Título da publicação periódica, com apresentação visual personalizada e permanente que permita a identificação dos leitores. Inclui nome, data, número da edição e outras informações essenciais.
  6. Cartola (Chapéu ou Sutiã) – Uma ou mais palavras usadas para definir o assunto da matéria. É usada sobre o título do texto e em corpo pequeno, para caracterizar o assunto ou personagem da notícia. Pode ser sustentado por um fio.
  7. Chamada – Pequeno título e/ ou resumo de uma matéria, publicado na primeira página para chamar a atenção do leitor e remetê-lo para matéria completa que está no interior da publicação.
  8. Diagramação – Distribuição dos textos, desenhos, gráficos e fotos numa página, de acordo com o projeto gráfico e os padrões visuais da publicação. Deve-se seguir os preceitos da estética e comunicação visual.
  9. Estouro – Ocorre quando um texto excede o espaço disponível, ou seja, é maior que o espaço reservado. Pode ocorrer na fase da redação ou diagramação. Nesse caso, geralmente as últimas linhas são suprimidas.
  10. Expediente – “Quadro de identificação que jornais e revistas, por exigência legal, publicam em todas as edições” (p.292). Traz, normalmente, dados gerais da publicação, tais como nome, endereço e telefone da organização, da gráfica onde é impresso, nomes dos diretores e dos profissionais envolvidos na publicação.
  11. Fechamento – Conclusão dos trabalhos de diagramação, composição e paginação. Depois do fechamento não há mais revisão do texto e a edição é enviada para a gráfica.
  12. Fio – Linha usada para dividir textos ou matérias. Também usada para realçar fotos, separar colunas, contornar quadros ou ilustrações.
  13. Intertítulo (ou Entretítulo)– Pequenos títulos colocados no meio do texto para subdividir. “A divisão da matéria em vários trechos destacados por entretítulos é um recurso gráfico-visual destinado a tornar o texto mais atraente, menos cansativo e mais fácil de ler” (p.272). Há publicações que preferem destacar frases retiradas do texto para colocar nos intertítulos.
  14. Infográfico – “Criação gráfica que utiliza recursos visuais (desenho, fotografias, tabelas, etc. ), conjugados a textos curtos, para apresentar informações de forma sucinta e atraente” (p.388)
  15. Manchete – É o título principal que indica a notícia mais importante da publicação. Existe a manchete principal do jornal (na primeira página) assim como a manchete de cada caderno, seção ou página.
  16. Olho – “Pequeno  trecho destacado da matéria, diagramado em corpo maior e colocado em janelas da composição corrida” (p. 522). Utiliza-se para destacar uma frase ou informação relevante.
  17. Programação Visual – “Planejamento de um sistema de linguagem coerente e uniforme, em todos os seus aspectos visuais, para uma publicação” (p.594)
  18. Projeto Gráfico – Padronização usada pela publicação para dispor uniformemente o conteúdo e elementos gráficos (cores, tipos, fios, imagens e outros).”Planejamento das características gráfico-visuais de uma publicação, conforme sua programação visual, envolvendo detalhamento das características de produção gráfica, como estilos e processos de composição, impressão e acabamento, papel, formato etc”. (p. 594)
  19.  Quadro – Moldura de texto constituída por fios que serve para explicar, detalhar ou ampliar as informações de uma  matéria. “Espaço, geralmente delimitado por fios, que traz informações adicionais ao corpo de uma matéria” (p. 609)
  20. Rafe – Aportuguesamento da palavra inglesa rough. É o rascunho ou “boneco” de um projeto gráfico. Trata-se de um esboço inicial no planejamento gráfico de qualquer trabalho.
  21. Retranca – Palavra que identifica um texto. “Saúde” pode ser uma retranca que identifica um texto sobre a situação dos hospitais no interior do estado. Recomenda-se que a retranca tenha uma só palavra.
  22. Seção – Parte de uma publicação onde se agrupam informações do mesmo tema. Sinônimo de editoria ou coluna de opinião.
  23. Selo – Marca que diferencia e ilustra um assunto focalizado em edições sucessivas da publicação. Recurso gráfico que marca uma reportagem uma série de reportagens. É muito comum seu uso em série de reportagens. Normalmente é composto por um elemento visual que se repete. Por exemplo: ” Especial sobre Futebol” pode ser acompanhado de um desenho de uma bola. Todo texto que se refirir ao assunto será acompanhado desse selo.
  24. Template – É um arquivo-base para ser utilizado na diagramação da publicação. Modelo de página, dentro do projeto gráfico, que serve para iniciar o processo de diagramação. A estrutura visual está pronta, faltando diagramar os textos, imagens e outros elementos visuais da publicação.
Template da Revista Época. Fonte: colunas.revistaepoca.globo.com

RABAÇA, Carlos; BARBOSA, Gustavo. Dicionário de comunicação. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s