Dicas para elaboração de um texto científico (Artigo ou TCC)

Nesse post vou compartilhar algumas dicas sobre a redação do texto científico, são orientações gerais para que você possa elaborar seu artigo ou TCC de forma mais eficaz.

Sempre oriento meus alunos a seguirem essas recomendações e o resultado tem sido satisfatório. São orientações simples, mas que vão ajudar a qualificar seu texto. Seguem as dicas:

  • Esquematize seu texto. Não é produtivo sentar na frente do computador e simplesmente escrever. É preciso planejar como e o que será escrito. Assim, comece do geral para o específico. Faça uma relação de tópicos que são importantes para o texto, depois detalhe cada ponto. Esquematize esses tópicos, estabelecendo uma hierarquia ( Ex: 1., 1.1.,1.2,1.3…) e coerência lógica. Dessa forma você vai ter uma estrutura do que escrever. Esse “esqueleto” vai te ajudar a manter o foco no que é realmente importante escrever.
  • Planeje suas leituras. Para fazer um texto científico, não adianta ler por ler! É fundamental ter um tempo de qualidade para fazer as leituras. Escolha autores que sejam referenciais na temática e busque diferentes fontes (livros, teses, dissertações, artigos…). Se você não ler, não terá base para escrever. Só dá para escrever um texto científico se capturar a essência e discutir com os autores. Quando estiver lendo, foque no esquema que você elaborou, relacione com os objetivos do seu texto.
  • Banco de Citações. Uma das características do texto científico é que ele discute as ideias e pensamentos de outros autores. Minha sugestão é que você leia os autores e faça um arquivo com as citações dos autores. Quando estiver lendo e algo chamar sua atenção, copie o trecho (não esqueça ano e página da obra), coloque o motivo pelo qual achou interessante e faça comentários. Não se esqueça de salvar a Referência já na norma da ABNT. Essas anotações das citações vão ajudá-lo muito.
  • Fluxo de Ideias. Uma das piores falhas na hora de escrever um texto científico [e outros gêneros também] é querer escrever e finalizar ao mesmo tempo. Você tem muito retrabalho (escreve uma frase e apaga L). Escreva em etapas: 1- Quando estiver escrevendo, não pare para corrigir. Apenas escreva! Coloque no papel o que estiver na sua mente. 2- Em seguida, organize as ideias que foram colocadas, estabeleça uma lógica; 3- Por fim, coloque as vírgulas e pontos. Pronto!
  • Cada parágrafo deve ter uma ideia-chave. Não coloque várias ideias no mesmo parágrafo, pois não terá como desenvolvê-las. Ficará um texto confuso. Cada parágrafo deve ter uma ideia central. Escreva a ideia, depois a desenvolva. Se surgir outra proposição no mesmo sentido coloque-a nos parágrafos seguintes.  Trabalhe o parágrafo como uma unidade de sentido.
  • Use bem os conectores. A utilização dos conectores é fundamental para estabelecer a ligação entre as ideias dos parágrafos. Eles tornam os textos mais coerentes e coesos…. A falta deles deixa o leitor confuso. Os conectores marcam o acréscimo de ideias, continuidade do argumento, explicação, oposição/contraste, enfim eles dão um sentido lógico ao texto. Considere começar alguns parágrafos com os conectores lógicos para dar uma coerência ao texto.
  • As Palavras têm sentidos. O texto científico é caracterizado por ter uma linguagem mais técnica/científica e menos informal. Cada palavra que você escolhe para elaborar seu texto tem um sentido único. Uma palavra pode mudar completamente o sentido da sua ideia. Quando estiver refinando seu texto, veja se existem palavras repetidas. Troque por sinônimos se for o caso. Use um dicionário de sinônimos.
  • Use bem as citações. Uma citação, quando não é comentada, é uma “citação pára-quedas”. Caiu no texto e está solta… Quando você está citando um autor, busque tecer comentarários sobre a ideia dele. Acrescente outro olhar, concordando/ discordando, apresente oposição, enfim se posicione. Somente copiar o que determinado autor escreveu e colocar no texto não é o desejável. Se você está citando é porque existe algo que é interessante para seu texto, por isso comente. Esse diálogo teórico é fundamental no texto científico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s