Momento 4 – Controle e Avaliação das ações realizadas

O quarto momento diz respeito ao Controle e Avaliação das ações realizadas. Trata-se de um momento importante porque possibilita a melhoria do processo de Relações Públicas. As atividades dessa fase são fundamentais para apontar os acertos e as falhas ocorridas durante o processo. Tem-se, assim, a necessidade de realizar constantemente. É uma tarefa desafiadora, porque exige uma compreensão holística do processo a fim de verificar o andamento das atividades e as possíveis melhorias que devem ser implementadas.

No que diz respeito as avaliações, dados quantitativos nem sempre representam ou indicam os resultados de forma real das ações desenvolvidas, ou seja, os dados podem “mascarar” uma realidade e até mesmo colocar em risco as ações de RP. Sugere-se trabalhar com uma perspectiva quanti-qualitativa.

Nessa fase são realizadas pesquisas para verificar o comportamento dos públicos a fim de determinar se os programas realizados alcançaram seus objetivos. A função de controle corresponde a acompanhar com a intenção de evitar desvios dos objetivos planejados. É importante notar que a função de controle está presente em todo o processo a fim de que sejam adotadas medidas necessárias para reorientação das ações.

Já a avaliação é desenvolvida mediante nova apreciação do comportamento dos públicos, a fim de verificar a eficácia das medidas tomadas. Têm-se, assim, as mesmas tarefas da função da pesquisa. A função de avaliação começa a ser projetada ainda durante a função de planejamento das ações de RP. Não se pode avaliar algo sem ter parâmetros, indicadores, formas de mensuração já estabelecidas. A pesquisa de avaliação, muitas vezes, vale-se dos mesmos instrumentos utilizados na fase da pesquisa.

Nota-se que na ilustração apresentada foi feita a utilização de um formato circular, justamente para evidenciar que o processo de relações públicas é cíclico e que ao final da fase de Controle e Avaliação, deve-se voltar a avaliar o comportamento dos públicos de interesse com a intenção de saber se o resultado do trabalho foi alcançado.

1 Momento  (1- Determinação do grupo e sua identificação como público e 2- Estudo dos comportamentos do público.)

2 Momento  (3-Levantamento das Condições Internas e 4- Revisão/Ajustes da Política Administrativa)

3 Momento (5-Amplo Programa de Informações)

4 Momento (6-Controle e Avaliação dos resultados (Funções de Controle e Avaliação)

Indicações de Leitura

ANDRADE, C.T. Para entender relações públicas. São Paulo: Loyola, 1993.

FORTES, W.G. Relações Públicas: processo, funções, tecnologia e estratégias. São Paulo: Summus, 2003.

FRANÇA, F. Públicos: como identificá-los em uma nova visão estratégica. São Paulo: Yendis, 2008.

KUNSCH, M.M.K. Planejamento Relações Públicas na Comunicação Integrada. São Paulo: Summus, 2003.

SIMÕES, R.P. Relações Públicas: função política. São Paulo: Summus, 1995.

WEY, H. O processo de Relações Públicas. São Paulo: Summus, 1983.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s