Qual a relação entre imagem, identidade e reputação?

Muito se tem falado sobre imagem, tanto nos círculos empresariais, quanto no ambiente acadêmico. É muito comum ouvirmos: “- a imagem é importante”, “-temos que valorizar a imagem”, “- a imagem da nossa empresa é boa”.

Imagem aquilo que é percebido. Identidade aquilo que é de fato. Nesse sentido, é importante dizer que todos temos uma imagem, transmitimos uma imagem. Quer dizer por meio do que vestimos, falamos, as diversas formas de expressão. As pessoas nos dão “rótulos”: “inteligente”, “bagunceiro”, “atrasado”.

Essa é uma temática do nosso cotidiano. Todos nós possuímos algum “rótulo”. Já parou para pensar nisso? Cada um tem uma imagem decorrente da sua identidade, quer dizer dos seus valores, cultura, modo de ser. Tudo que você faz indica um traço da sua identidade. As pessoas percebem você!

Assim também ocorre no âmbito organizacional, as empresas possuem identidade e imagens, que são responsáveis pela reputação.  Vamos entender um pouco mais sobre a diferença entre imagem, identidade e reputação:

Identidade x Imagem

A identidade é aquilo que está na nossa essência. Nossos valores, crenças, ideologia, aquilo no qual acreditamos, nossa filosofia de vida.

 A identidade de uma empresa é manifesta por objetivos organizacionais (valores, missão, visão), aspectos gerais (nome, logomarca, slogan/lema), recursos humanos, recursos físicos (MACHADO, 2007). No âmbito corporativo refere-se ainda aos princípios organizacionais (missão, visão e valores).

A imagem, por sua vez, é um “reflexo da identidade organizacional, em outros termos, é a organização sob o olhar de seus públicos”  (MACHADO, 2007, p.48). Trata-se de uma “representação mental, consciente ou não, formada a partir de vivências, lembranças e percepções passadas e passível de ser modificada por novas experiências” (RABAÇA e BARBOSA, 2001, p.377, grifo nosso)

Imagem e identidade são facetas da mesma moeda. A imagem reflete ou pelo menos deveria refletir a identidade. A identidade é a essência de uma pessoa, produto ou organização (não há sombra). A imagem é a projeção, a sombra da identidade. Quanto mais distante da identidade, mais distorcida será a imagem.

A sombra é uma projeção que representa uma imagem do real (a identidade)

A imagem existe independentemente da vontade dos gestores da organização. As pessoas vão criar imagens na sua mente naturalmente. Por exemplo, a Bemol. Qual a percepção que se tem da empresa Bemol ? Uma empresa competente, orgulho para os amazonenses, uma empresa que é marcada pela transparência na gestão?

A identidade pode ser gerenciada pela empresa. A imagem não pode, pois é uma representação mental, cada um vai construir uma imagem diferente da Bemol, por exemplo.

Reputação

A reputação é diferente da imagem pelo fato de ser construída ao longo do tempo e por não ser apenas uma percepção de determinado período. Diferencia-se também da identidade por ser um produto tanto de públicos internos quanto externos, enquanto a identidade é construída apenas por elementos internos (a própria empresa).

“Para acumular e tornar essa reputação cada vez mais valiosa, é preciso administrar esse ativo [imagem] em todos os detalhes e a chave disso é entender da melhor forma possível o lugar onde esta credibilidade está depositada: no olhar e na percepção do público” (ROSA, 2006, p.56)

“Ações não pensadas, a partir dos valores, visões, enfim da cultura organizacional não são bem-vindas, pois tendem a ‘sujar’ a imagem, e por não serem confiáveis ferem a reputação das empresas” (MACHADO, 2007, p.57)

 “A credibilidade que uma empresa adquire através da aplicação continuada de um excelente padrão de comportamento determinará sua imagem nas mentes dos públicos de modo muito mais profundo do que uma campanha de anúncios […]”.Argenti (2006, p.96, grifo nosso)

Qual são os desafios do gestor da Comunicação? Aproximar aquilo que é identidade daquilo que se quer representar aos olhos dos outros; a criação/ manutenção e preservação da imagem; Planejamento é elemento básico no processo de construção da imagem; “Olho no olho, diálogo e o saber ouvir”.

Referências

 ARGENTI, Paul P. Comunicação Empresarial. Trad. Adriana Rieche. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

MACHADO, Neka. Identidade e imagem: elementos formadores da reputação. In: DORNELLES, Souvenir Maria Graczyk (org.). Relações públicas: quem sabe, faz e explica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

NEVES, Roberto de Castro. Comunicação Empresarial integrada: como gerenciar: imagem, questões públicas, comunicação simbólica, crises empresariais. Rio de Janeiro: Mauad, 2000.

RABAÇA, Carlos Alberto; BARBOSA, Gustavo Guimarães. Dicionário de Comunicação. 2.ed. rio de janeiro: Elsevier, 2001.

ROSA, Mário. A Reputação na velocidade do pensamento. São Paulo: Geração Editorial, 2006.

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

1- Como você se vê? Quais palavras definem você? Qual a sua identidade?

2- O que você acha que os outros pensam de você? Qual é a imagem que você transmite?

3- Escolha uma organização localizada no Amazonas e aponte elementos da sua identidade  (Missão, Visão e Valores), imagem (percepção e representação) e reputação.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s