Pesquisador da UBI fala sobre Comunicação Ubíqua e Sociedade Móvel

Universidade, comunicação e Fidalgo são algumas das tags da nuvem do III SEMICCOM

O III SEMICCOM ocorreu no dia 10 de novembro de 2011, na sede da Academia Amazonense de Letras, em Manaus.O convidado do evento foi o Professor António Carreto Fidalgo, docente em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior (UBI), em Covilhã, Portugal, que ministrou  a excelente palestra “Comunicação Ubíqua e Sociedade Móvel”. António Fidalgo já produziu conteúdo acadêmico vasto sobre a temática do seminário, e é um dos pioneiros no estudo dessa nova realidade de dispositivos móveis, internet banda larga e serviços de informação multimídia.

Veja aqui a cobertura completa do SEMICCOM  feita pelo Grupo de Mídia (Vinicius Leal, Rosiel Mendonça e Dayana Daide)

A seguir publico a Entrevista que concedi ao Programa de Educação Tutorial (Pet-Com) da UFAM sobre o III Seminário de Ciências da Comunicação (SEMICCOM) da UFAM, no qual fui responsável pelo Grupo de Mídia, e o Lançamento do Blog do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação.

1-    O que o senhor acha sobre o tema do Seminário Comunicação na Era da Mobilidade? E como o profissional de comunicação deve se portar ou se preparar para lidar com essa mobilidade?

É uma temática extremamente relevante, que esta despertando o interesse cientifico de diversas áreas, em especial nas ciências da comunicação. As tecnologias da informação e comunicação, em especial as ligadas à mobilidade, causam uma mudança nos padrões sociais e na relação espaço-temporal. Daí a importância de discutí-las. A sociedade não e mais a mesma desde o advento da telefonia móvel. Um bom exemplo e o fato de que praticamente todos tem um celular, às vezes até dois, e que utilizam como despertador. O celular, lembrando de Mc Luhan, torna-se uma extensão do nosso corpo, acordamos e dormimos com ele ao nosso lado! Esquecer o aparelho em casa e algo serio que causa, inclusive, problemas no trabalho.

Em relação à mobilidade e mercado, o profissional de comunicação deve estar preparado para utilizar a tecnologia a seu favor. Como? De forma inovadora, criativa, estratégica e inteligente.  Exemplos: Os jornalistas podem utilizar a SMS como um fator diferenciador na produção e veiculação da noticia; os relações publicas como um potencial instrumento de comunicação dirigida, por exemplo, na comunicação com os funcionários; os publicitários como um canal mercadológico ou como instrumento de pesquisa de mercado.

2-     Quais seriam as novas exigências básicas para um profissional de Comunicação Social para manter- se no mercado de trabalho com o advento dessas novas tecnologias?

O profissional de comunicação deve estar preparado para enfrentar os seguintes desafios: 1- Pensar e agir como um Mediador. O trabalho com as TICs exige a investigação, o reconhecimento das características e a mediação. Assim, o profissional deve saber gerenciar mais do que informações, conhecimento. 2- Pensar e agir estrategicamente. Não se pode optar pela utilização das TICs apenas como modismo ou de forma técnica-operacional. E preciso utilizá-las como um componente estratégico para que as Organizações alcancem seus objetivos globais; 2- Pensar e agir em formato de rede. Entender que a Sociedade e caracterizada em redes (redes sociais digitais, redes mundial de computadores, redes de relacionamento, redes de contato, redes de poder e outras…). Tal compreensão requer dos profissionais uma mentalidade em rede, pensar em formato reticular e um avanço significativo em relação à perspectiva bidirecional (emissor-receptor); 3- Pensar e agir na Integração Midiática. O trabalho com as TICs exige o  a integração entre as diversas mídias, ou seja, trabalhar com a multiplicidade de canais de forma coerente. Assim, torna-se necessário o conhecimento transdisciplinar, minimamente, o conhecimento dos pressupostos básicos da atuação das diversas habilitações da Comunicação Social (publicidade, relações publicas, jornalismo, produção editorial, multimídia).

3-    O que levou a mudança de plataforma do endereço eletrônico do PPGCOM, que era (como acredito) vinculado ao site da UFAM para um blog?

Não houve mudança, mas sim acréscimo. O site do PPGCCOM e o blog tem objetivos diferentes, mas que se complementam. O site do PPGCCOM (ww.ppgccom.ufam.edu.br) continuará a existir, sendo o objetivo dele  ser o espaço institucional, o local no qual serão divulgadas as informações oficiais do programa, editais de seleção e demais informações de interesse institucional. O blog do PPGCCOM (ppgccom.wordpress.com), por sua vez, é um espaço de interação entre professores, alunos do mestrado, corpo técnico, estudantes da graduação e interessados. O blog foi elaborado com intuito de ser uma Comunidade Virtual, ou seja, um espaço de compartilhamento de informações entre os membros do PPGCCOM.

4-    Qual será o foco do Blog do PPGCOM, apenas esse evento ou ele será atualizado após?

Após o lançamento do blog no III SEMICCOM, ele será atualizado pelos bolsistas do programa e receberá a colaboração de todos os interessados (professores, alunos da pós-graduação e graduação). O blog será um espaço para disseminação de informações, mensagens, notas de interesse científico e acadêmico. No grande emaranhado de informações disponíveis, esse blog surge como um filtro qualificador de Editais, Chamadas de Artigo, Eventos Científicos. Ademais, torna-se um espaço de expressividade dos alunos e professores, alem de divulgar a da produção intelectual da comunidade PPGCCOM.

5-    Qual a importância que o senhor atribui  a participação dos graduandos nesse tipo de evento, palestras, seminários, e entre outros?

Eventos como o III SEMICCOM são momentos únicos na vida acadêmica do estudante de graduação. Trata-se de uma excelente oportunidade para ter contato com temáticas e discussões de alto nível, debates interessantes sobre temas atuais. Alem disso, eventos como esses dão subsídios para pensar de forma inovadora, saindo do senso comum e possibilitando uma visão critica e criativa.  Acredito que o PPGCCOM realizara mais eventos como o SEMICCOM e, paralelamente, estará desenvolvendo um trabalho de integração entre a graduação e a pós-graduação, uma iniciativa louvável pelo fato de que os alunos de graduação, hoje, serão os do mestrado e doutorado.

Jonas da Silva GOMES JR | @jonasjr | jonasjr1@gmail.com 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s