Elaborando um projeto de pesquisa (Passo a Passo)

O projeto de pesquisa científica (PPC) é um recurso imprescindível no âmbito acadêmico, visto que a maioria dos cursos de graduação tem tornado obrigatória a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que tem na sua origem o PPC e, além disso, os programas de pós-graduação (mestrado ou doutorado) exigem, no processo de seleção, a submissão de um projeto de pesquisa.  Vamos, então, a alguns passos para elaboração de um projeto de pesquisa científica (PPC):

1- Escolhendo o Tema

Há uma infinidade de temas possíveis, tanto quanto a imaginação é capaz de dar conta. As possibilidades parecem infinitas, mas é preciso pensar em afunilar a ideia. Algumas dicas ajudam bastante na escolha do Tema, por exemplo:

  • Escolha um tema que você tenha real interesse, seja pela suas experiências práticas/ profissionais ou téoricas/ acadêmicas ou algo que você tenha uma grande curiosidade
  • Pense em algo que te dê satisfação de abordar, assim terá uma motivação extra [não escolha por escolher!!]
  • Considere algo pensando no futuro, tendo em vista, se desejar, uma pós-graduação ou um nicho de mercado promissor
  • Opte por algo pensando em contribuir com a comunidade acadêmica, sociedade, uma área de pesquisa em crescimento, uma prática a ser desenvolvida no mercado de trabalho,
  • Delimite o tema. Pense em algo macro e vá criando patamares menores. Por exemplo, falar sobre o tema “Comunicação” é algo extremamente abrangente.  De que Comunicação você está falando? Comunicação Organizacional, Comunicação Mercadológica, Comunicação Jornalística, Comunicação Institucional, Comunicação Humana….
  • f) Seja Realista. Verifique suas possibilidades e limitações [suas e de seu orientador/tutor] a fim de não querer fazer uma “missão impossível” 🙂

2- Delimitação do Objeto de Estudo

O objeto de estudo é aquilo que vai ser investigado e deriva, necessariamente, do tema escolhido. Como as possibilidades são muitas surge novamente a necessidade de afunilar, pois o objeto a ser estudado deve ser bem claro, específico. Exemplo:

Tema: Comunicação Mercadológica

Objeto 1: Avaliação das páginas de internet do Comércio Varejista do Amazonas

Objeto 2: Responsabilidade Social e as estratégias mercadológicas da Empresa X

Objeto 3: Estudo dos elementos determinantes para compra do Serviço X

Note a variedade de objetos que um mesmo tema proporciona! Esses são apenas alguns exemplos. Existem muitos outros possíveis. Para essa delimitação faça pesquisas, converse com seu orientador e ele, certamente, lhe dará um norte sobre a delimitação do objeto.

3- A formulação do problema

O problema de pesquisa é a mola-propulsora do projeto de pesquisa a ser executado. A formulação do problema deve ser feita por meio de uma pergunta-chave. Tenha em mente que as respostas serão dadas conforme o avançar da pesquisa, por isso evite muitas perguntas. Vamos continuar com os exemplos dados acima:

Tema: Comunicação Mercadológica

Objeto 1: Avaliação das páginas de internet do Comércio Varejista do Amazonas

Possíveis problemas: As páginas de internet do Comércio Varejista são eficazes e atendem as expectativas dos usuários? A interface visual da página contribui para a navegação do usuário? O processo de venda é estimulado ou desestimulado a partir da página de internet?

Objeto 2: Responsabilidade Social e as estratégias mercadológicas da Empresa X

Possíveis problemas: Quais são as estratégias mercadológicas da Empresa X? As estratégias são condizentes com a teoria moderna da Responsabilidade Social? A empresa X realiza a Responsabilidade Social ou a Filantropia Empresarial?

Objeto 3: Estudo dos elementos determinantes para compra do Serviço X

Possíveis Problemas: Quais elementos o Serviço X possui que despertam o interesse de compra? Na divulgação do Serviço X utiliza-se elementos de persuasão? Que relação pode ser feita entre a compra do Serviço X e a Psicologia do Consumidor?

Veja a diversidade de perguntas. Como no caso do objeto, existem outros problemas possíveis, que também seriam interessantes, necessários, instigantes. As perguntas-chave são muitas… Novamente a necessidade de afunilar [delimitar].

4- Elaboração das Hipóteses

O que é uma hipótese? Trata-se de uma conjectura, especulação, suposição que vai orientar a pesquisa que será feita. Existem várias conjecturas possíveis para os problemas de uma pesquisa. Ao final da pesquisa, a hipótese poderá ser confirmada ou não. Tomemos como exemplo, o objeto 2:

Objeto 2: Responsabilidade Social e as estratégias mercadológicas da Empresa X

Possíveis problemas: Quais são as estratégias mercadológicas da Empresa X? As estratégias são condizentes com a teoria moderna da Responsabilidade Social? A empresa X realiza a Responsabilidade Social ou a Filantropia Empresarial?

Possíveis hipóteses: Conjectura-se que a empresa não possui estratégias mercadológicas sociais. Supõe-se que as estratégias mercadológicas da Empresa X não condizem o a teoria moderna da Responsabilidade Social. Acredita-se que as estratégias mercadológicas da Empresa X são de origem filantrópica.

5- Formulação dos objetivos

Um objetivo é aquilo que se pretende alcançar com a pesquisa. Ele tem relação direta com tudo  que foi visto (Tema, Objeto, Problema e Hipótese). No projeto você tem que explicitar o objetivo geral (nível macro) e objetivos específicos (nível micro) que se pretende esclarecer. É comum elaborar objetivos específicos com características de objetivo geral ou vice-versa, então para evitar isso, basta pensar assim: Os específicos derivam do geral, são feitos a partir dele.  Tomemos nosso já conhecido exemplo:

Objeto 2: Responsabilidade Social e as estratégias mercadológicas da Empresa X

Objetivo Geral: Estudar as estratégias mercadológicas da Empresa X e a relação com a Responsabilidade Social.

Objetivos Específicos: Determinar quais estratégias mercadológicas são feitas pela empresa X, Avaliar se tais estratégias são ou não condizentes com a teoria moderna da Responsabilidade Social, Detectar se a empresa X realiza a Responsabilidade Social ou a Filantropia Empresarial.

 6- Formulação da justificativa  

A justificativa é uma defesa, as razões que o levaram a escolher o tema, a delimitá-lo naquele objeto. Uma pesquisa não tem as mesmas justificativas de outra, mesmo porque são pesquisadores diferentes Mas, de forma geral, existem alguns pontos a se pensar na hora de justificar um PPC: a) Por que a temática que você escolheu é importante? Para quem é importante? Seu objeto de estudo foi delimitado levando em conta que critérios? Que características de sua pesquisa são mais importantes? O que o levou a escolher determinado método? Qual a relevância de seu problema e hipótese? Até que ponto sua pesquisa contribui para o avanço da Ciência e/ou Desenvolvimento Social?

7- Descrição dos Métodos e Técnicas da Pesquisa

Para alcançar os objetivos propostos na pesquisa e testar a hipótese, deve-se explicitar os métodos e técnicas para tal. Pode-se entender os métodos como os caminhos a serem percorridos. Existe uma ampla variedade de Métodos de pesquisa. Só para dar alguns exemplos de métodos possíveis na área da Comunicação Social: Método Biográfico, Método Etnográfico, Método FolkComunicacional, Método Observacional, Método Semiótico, Método Estudo de Caso, Método Análise de Conteúdo, Método de Leitura de Imagem… Cada método possui técnicas específicas, ferramentas que operacionalizam o método. Para elaborar o PPC é necessário escolher um método eficaz que possa ajudar no alcance dos objetivos e teste da hipótese. Neste caso, o orientador tem um papel fundamental.

No exemplo que estamos trabalhando, poder-se-ia optar pelo método de estudo de caso, com técnicas de entrevista, utilização de questionários e, como método complementar, poderia ser feita [uma idéia] uma Análise de Conteúdo do Balanço de Responsabilidade Social da empresa.

8- O Referencial Teórico

Trata-se do embasamento teórico necessário para construção da pesquisa. A utilização de teorias científicas é necessária para sustentar ou negar a hipótese e fornecer elementos para discussão teórica sobre o objeto. Nesse sentido, deve-se na prática escolher autores referenciais sobre a temática que se propõe discutir e, por meio deles, criar um texto que exponha os conceitos fundamentais, as ideias mais basilares sobre o projeto, tecer críticas sobre os conceitos também é fundamental. O diálogo entre diferentes autores, com perspectivas convergentes ou divergentes deve ser feito, a fim de estabelecer uma base teórica do Trabalho. No nosso exemplo, seria fundamental utilizar autores que trabalham com Comunicação, Marketing e Responsabilidade Social. Além disso, realizar uma discussão sobre a apropriação das estratégias de Marketing Social.

Acredito que esses 8 passos são os mais fundamentais te ajudarão a elaborar um bom Projeto de Pesquisa Científica. Qualquer dúvida entre em contato. Boa Sorte!

Jonas da Silva Gomes Júnior | http://www.jonasjr.com | @jonasjr

4 comentários

  1. Jonas,

    Esse material está excelente e vai ajudar muitas pessoas que necessitam dessas informações e muitas vezes não sabe onde encontrar e quando encontra, geralmente não é tão suscinto como este que vc preparou. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s